Dia 18 de setembro que a Mãe nos faça semelhantes a Cristo

Pe Gustavo explica sobre a humildade e os desafios do modo cristão de viver

 

No dia 18 de setembro de 2021 a missa de renovação da Aliança foi celebrada pelo Pe Gustavo Hanna Crespo. A missa foi presencial e transmitida, respeitando as nomas do Covid-19.

Pe Gustavo explicou que na liturgia deste dia o nosso modo de agir é colocado em prova que a nossa forma de ser Cristãos, nossas convicções, aquilo que Jesus nos ensina é colocado a prova. No início do livro da sabedoria diz: “Os ímpios dizem armemos ciladas contra o justo, por que sua presença nos incomoda, eles se opõem ao nosso modo de agir”.

Muitas vezes a nossa fé, o nosso ser cristão incomoda os outros pois são outros valores que damos na vida, são outras metas que nós buscamos do qual o mundo deixou de pregar. Nós não buscamos como Cristãos o êxito pelo êxito, queremos sim fazer as coisas bem-feitas, dar o melhor de cada um de nós, porque é para isso que fomos feitos servir aos demais como melhor dos talentos que nós temos.

Quando tentamos pregar o lado oposto do êxito e do orgulho que são a humildade e a serviçal idade acabamos incomodando muita gente. Nós iremos ser tentados para que desviemos nosso caminho de fé. Seremos experimentamos todos os dias no trabalho, nos estudos... somos tentados por pequenas coisas, mas o caminho é aquele que Jesus nos ensina tornar-nos crianças, simples e descomplicados nas mãos dos pais como a criança é.

Que possamos tomar o caminho de ser filiais diante de Deus e busquemos a simplicidade. Jesus repreende aqueles que se perguntam: Quem de nós é o maior, quem de nós é o mais perfeito, é aquele que mais sabe, repreende também quem mais reza? Por que estas repreensões? Porque estão tirando do centro o principal da vida, que não é mostrarmos nós mesmos, mas mostrar a Cristo.

Os discípulos deixaram de olhar Jesus e olharam a si mesmos, o essencial é o próprio Jesus que esteve com cada um de nós, caminhando por Jerusalém, pela Galileia, ele não se engradeceu. Que possamos fazer o caminho de ser aquele que serve com os nossos talentos, fazer com amor principalmente com os nossos talentos mostrar o dom que Deus nos deu. A graça que Deus nos deu e o amor que Deus deu cada um de nós, para que sejamos reflexos de Deus.

Com nossa querida Mãe que nos assemelhe a Jesus, dizia o Padre Kentenich: “Torna-nos semelhantes à tua imagem, como tu passemos pela vida, fortes e dignos, simples e bondosos, espalhando amor, paz e alegria. Em nós, percorre o nosso tempo, prepara-o para Cristo".

_______________________

texto Sueli Vilarinho

Amex Assessoria
Doe agora